Centro de cuidados de saúde de adulto

Centro de cuidados de saúde de adulto

Rede internacional de saúde

Página inicial  /   Saúde masculina  /  Disfunção erétil em adultos

Disfunção erétil em adultos

Disfunção erétil em adultos A disfunção erétil em adultos pode ser provocado por diferentes razões. Estas razões podem incluir idade, saúde física e psicológica. Fadiga crônica mesmo ou estresse pode ter um grande impacto sobre este problema. Determinadas ações devem ocorrer para atingir e manter uma ereção mais dura. Se nada afeta alguns desses atributos ou o complexo equilíbrio entre eles, problemas de ereção são a consequência provável.

Fases da ereção

  • Excitação. Esta é a primeira coisa que inicia o processo. Os homens observam, ouvir, tocar e cheirar e todos estes sentidos contribuem para a excitação sexual. Pensamentos da pessoa também trazem à excitação.
  • A resposta do sistema nervoso. Aumento do fluxo sanguíneo que muda o tamanho do pênis é possível porque o cérebro dá um sinal ao sistema nervoso e ele ativa o sangue.
  • A resposta dos vasos sanguíneos. Quando os vasos sanguíneos estão relaxados, então nada impede o fluxo de sangue.

Causas não-físicas da impotência

  • Condições emocionais. Os fatores não-físicos mais típicos são tensão, ansiedade e esgotamento. Disfunção de ereção também pode ser uma complicação acidental de doenças mentais, como transtorno depressivo maior.
  • Emoções que você mostra para seu parceiro - ou que são mostradas por seu parceiro - como amargura, rigidez ou diminuição do interesse, também pode ser uma causa da impotência.

Causas físicas da impotência

Se a disfunção erétil é a natureza física, as razões podem ser as seguintes:

  • Lesão neurológica de questões diabéticas a longo prazo
  • Suprimento sanguíneo pobre para o pênis como um resultado de distúrbios cardiovasculares
  • Tratamentos de droga em particular
  • Operações de próstata (para ser mais exato, para o cancro)
  • Problemas do sistema endócrino
  • Problemas da coluna vertebral
  • Problemas hormonais
  • Cadeia de alcoolismo, abuso de drogas, tabagismo

Disfunção erétil em adultos

Disfunção erétil em adultos também pode ser um dos primeiros sinais de um problema médico que você pode ser inconsciente de.

As razões físicas e psicológicas são interdependentes. Só um especialista pode descobrir o que causou esse transtorno.

Quase todo mundo precisa de uma solução rápida para seus problemas. Nós não queremos gastar dias ou meses fazendo testes diferentes e ver um número de especialistas, como aconselhado pelo nosso médico de família para descobrir que estamos de boa saúde. E se você só quer um pénis maior, uma vida sexual melhor, um melhor controle sobre suas ereções por forma a ser um amante melhor de todas as formas?

Felizmente, existem algumas soluções hoje em dia.

Tratamentos da disfunção erétil

Você pode usar o tratamento cirúrgico; no entanto, isso pode ser caro e perigoso. Ninguém que ser uma pessoa adequada jogaria fora quatro mil dólares só para obter um órgão lesionado e uma vida de arrependimento.

Uma das maneiras para tratar a disfunção erétil em adultos é usar bombas de pênis. Mas lembre-se que este dispositivo é perigoso. Você certamente obterá o resultado desejado com vácuo, mas você tem que certificar-se que tudo é executado corretamente, como você não quer fazer algum erro que trará a danos do pênis. Não espero aumentar seu pênis usando-o.

E, finalmente, existem dispositivos de pênis, que funcionam, forçando os tecidos conjuntivos. Neste caso, o número das pilhas produzido aumentos que melhora a ereção masculina e evitar disfunções. Então por enquanto é o produto mais seguro no mercado. No entanto, não espere que dispositivos de pênis para entregar resultados durante a noite! Eles são incapazes de tais milagres comprá-los hoje e na manhã seguinte, obtendo um pênis mais longo e mais forte.

Você terá que gastar tempo e investir esforços consideráveis para alcançar o resultado desejado. Mas você vai adorar!

Leia as opiniões reais no fórum de dispositivos de pênis 


comments powered by Disqus